Rodriguinho abre mão de rescisão contratual e pagamentos para sair do Cruzeiro

O meia deseja permanecer no futebol Brasileiro, ficar próximo da família é prioridade

O Cruzeiro deve encaminhar a rescisão contratual de Rodriguinho nos próximos dias. A raposa definiu que ficará com 20% dos direitos econômicos do atleta, conforme divulga o Globo Esporte.

Rodriguinho tem pressa para sair do clube mineiro

O time mineiro havia comprado 100% dos direitos econômicos do jogador por 7 milhões de dólares, aproximadamente R$ 30 milhões.

A diretoria do Cruzeirense está em negociação com o Pyramides, do Egito, que na época vendeu Rodriguinho ao clube mineiro, no entanto sem nenhuma definição, pode ver mais uma negociação encaminhada para análise da FIFA.

Meia abre mão de dinheiro

Para facilitar todo esse processo de rescisão, Rodriguinho aceitou abrir mão do pagamento que teria direito até o final de seu contrato, que, pela teoria tem vigência até final de 2021.

As negociações não avançaram

Segundo a publicação, o jogador teria sido sondado pelo Bahia e pelo Athletico-PR, mas nenhuma delas tiveram um desfecho positivo.

Leia também: Flamengo define futuro de meio-campista após pressão de empresário

Atuar no Brasil é o plano de Rodriguinho

Algumas propostas do futebol internacional também foram sondadas, mas o jogador tem preferência em permanecer no Brasil ao lado de seu filho, recém-nascido, e de sua esposa.

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

error: O conteúdo está protegido !!